Apenas mais uma de amor.




Sistema solar, Planeta Terra, Ano 2733.

A humanidade vive em uma época de ouro da ciência, temos enormes avanços nas áreas de saúde, da tecnologia e da astronomia, porém os recursos naturais estão extintos, entretanto isto é irrelevante pois alguns cientistas da base científica americana chamada Know II desenvolveram formas sintéticas de muitos recursos naturais que antes eram essenciais para a sobrevivência no planeta Terra, como a água. As árvores tiveram suas funções que eram interessantes aos humanos copiadas, antes o oxigênio era produzido pela fotossíntese, hoje existem máquinas chamadas de "oxigenadores radiais" que produzem oxigênio em uma quantidade grandiosa e com um custo mínimo, suspeita-se que estas máquinas que foram criadas no século XXVI ainda tenham energia e combustível suficientes para produzirem oxigênio por mais de 30 séculos.

Nesta época as últimas amostras vivas de vegetais estão localizadas ao norte do Mediterrâneo, essa área foi nomeada de "Jardim do Éden" e encontra-se em forte vigilância pelos agentes da base científica Ceres 7D, que se encontra no país Arthavit, antiga Índia. De 170 anos para cá, as atividades e pesquisas realizadas no Jardim do Éden permanecem em total sigilo, boatos se espalham dizendo que lá existe um organismo biológico artificialmente criado, OBAC, que foi produzido com o intuito de ser uma forte arma de destruição em massa, porém saiu do controle da Ceres 7D, então prenderam o OBAC lá, para fazerem mais pesquisas e experimentos.

Foram criadas naves espaciais com combustível nuclear, sendo um avanço histórico na ciência, agora os humanos podem fazer viagens inter-estelares sem interrupção, os planetas do Sistema Solar inteiro passaram por grandes pesquisas que duraram anos e fizeram enormes descobertas que foram arquivadas nos super-computadores da base científica alemã, Sophia V, que também afirmou que não existe vida na Galáxia Via-Láctea.

Nos dias de hoje, a religião foi quase extinta, e os poucos religiosos que sobraram não admitem suas crenças em público e se reúnem para louvar o seu deus em reuniões secretas. As bases científicas se demonstraram indiferentes com essas comunidades religiosas.

Nesse mesmo ano, o cientista francês Edward A. que trabalha para a base científica Sophia V desenvolveu um projeto de uma máquina emissora de ondas phi capaz de propagar essas ondas universo afora e identificar seres biológicos viventes fora da Via-Láctea e reproduzir estas informações nos super-computadores da base. A máquina é abrigada num prédio de 68 quilômetros quadrados em um deserto da Alemanha, o endereço oficial deste prédio é secreto por precaução de sabotagens usuais. A Alemanha investiu muito nesse projeto intitulado de projeto P. Wav, gastando o equivalente a 37 bilhões de dólares em 12 anos, o modus operandi da máquina é o seguinte: Usando plaquetas geradoras de energia nuclear ultra-segura, o núcleo da máquina é acionado e através de um processo químico as ondas phi são criadas e lançadas a uma velocidade de 40 anos-luz e retornava a máquina (que foi chamada de P. Wav), tudo o que estiver fora dos padrões dos computadores da Sophia V será relatado e arquivado, até então, a teoria tem sido perfeita, a máquina seria ligada meses depois.

Com o acionamento da P. Wav, tudo ocorreu o mais perfeito possível e o mundo ficou maravilhado com tamanha descoberta, existe vida fora da Terra! Exatamente na constelação de Órion, imagens foram gravadas e relatadas desses seres.

Eram três seres aparentemente inteligentes e com forma humanóide, não aparentavam ter orgãos internos, pareciam mais uma cápsula viva composta por um gel transparente, aparentemente andavam sem rumo e não possuiam moradia e nem alimento, apenas existia um tubo que de tempos em tempos cada um desses três seres entravam nele, e este tubo emitia uma luz verde, percebeu-se que se eles ficassem um período de 108 horas sem entrar neste tubo, o gel transparente que estava no interior desses três seres ficava com uma coloração cianídrica, então eles iam por um modo de locomoção que mais parecia com pequenos teletransportes em intervalos de um metro em direção a esse tubo e a sua coloração voltava ao normal.

Os cientistas da Sophia V olhavam atônitos uns aos outros depois de assistirem o vídeo gravado com a ativação da P. Wav e ler o relatório gerado pelo super-computador da base. O próximo passo era manter uma conversação com esses seres que foram chamados de "Soehts". Os relatórios do super-computador da base foram compartilhados com as demais bases científicas do planeta, que resolveram ajudar a Sophia V a aperfeiçoar a P. Wav a criar um sistema de comunicação imbutido nas ondas phi. Este projeto foi chamado de "P. Wav II".

Após mais alguns anos de trabalho, o projeto P. Wav II foi concluido com sucesso e estava prestes a ser executado, na semana seguinte a máquina foi ligada com o auxílio dos maiores científicas da época e lançou uma singela frase codificada nos padrões alfabéticos encontrados gravados no tubo onde os Soehts aparentemente "recarregavam" as suas energias. A frase era essa: "Nós somos do planeta Terra, localizado na galáxia Via-Láctea e estamos ansiosos por ter encontrado uma forma inteligente de vida fora da nossa galáxia". Interessante foi a velocidade em que os cientistas receberam uma resposta codificada aparentemente sendo uma resposta dos Soehts, após a decodificação da mensagem, o resultado foi a seguinte frase: "Diga a eles que nós não precisamos nos multiplicar".

As bases científicas do mundo inteiro ficaram em um estado de frenesi com tamanha descoberta, porém não sabiam o que os Soehts queriam dizer com aquilo, tentaram contatos e conversações posteriores, mas não obtiveram resultado algum, suspeitaram do sinal de resposta ter sido sabotado ou ter um erro de decodificação, porém descartaram logo essas possibilidades, e depois de pensarem muito e não chegarem em nenhum lugar, eles resolveram publicar isso a sociedade e ofereram recompensas para quem fosse a eles com respostas lógicas.

Houveram muitas respostas sem sentido algum, muitos trotes... Um dia apareceu um homem na base Sophia V, que se identificou como Alexander T. que se declarou teísta, filósofo e sumo-sacerdote da Ordem Religiosa Mundial, que logo teve seu título confirmado pelos membros da sua ordem. Os cientistas questionaram a ele se ele tinha alguma explicação lógica para tudo aquilo, ele respondeu: - Diga a ele que não necessitamos mais dele, e prontamente se retirou, os cientistas o julgaram louco, mas após verem que não tinham mais nada a fazer, resolveram mandar esta mensagem aos Soehts.

Não receberam mensagem alguma como resposta, e logo foram observar o estado dos Soehts... Eles estavam em um processo de suicídio, onde cada um fazia um corte profundo na cabeça do outro ser que estava ao seu lado e deixavam escorrer todo aquele gel transparente, que ia caindo pelo solo e desaparecendo, até nenhum dos três seres não mostrarem mais nenhum sinal vital... Os cientistas ficaram estupefatos com aquela espécie de ritual e ficaram se perguntando que diabos era aquilo, obseraram o monitor novamente, as criaturas não tinham deixado nenhum rastro, tinham desaparecido por completo.





Até hoje cientista nenhum sabe o que eram aquelas criaturas, e o sumo-sacerdote da Ordem Religiosa Mundial nunca mais apareceu na sociedade denovo, aparentemente ele era o único que sabia da verdade de tudo aquilo.

6 comentários:

Rafael Cavalcanti Santos 12 de setembro de 2009 07:29  

poxa, achei uma excelente matéria, parabéns, olha eu vou por o se banner no meu blog, para parcerias ok? que tal se nós fizermos uma parceria?

Renan Sparrow 12 de setembro de 2009 20:53  

Muito bom cara!
Gosto de ficção.
Você podia fazer continuações, tão boas quanto essa história.
Mas se for fazer só pro fazer, não faça.
espere a inspiração ;)

www.renansparrow.blogspot.com

Diego Janjão 20 de setembro de 2009 00:58  

Olá,desculpe a demora, mas o Google Docs estava desconfigurado, só vi os pedidos agora.
Incorpore o nosso banner e nos avise para fecharmosa parceria, porém, leia antes o regulamento das PARCERIAS.

obrigado.

Janjão ComicS

TiO - ZéH 15 de outubro de 2009 21:18  

Opa blz?
Já to seguindo seu blog.
Postei seu banner, passa la depois e pega o do Refletindo idéias e se der, o do Dr Video, Vlw, ótima sexta!!

TiO ZeH 18 de novembro de 2009 15:16  

Será que o futuro vai ser assim mesmo?
Temos que tratar melhor nosso eco-sistema para que nossos filhos possam desfrutar desses grandes inventos...
(ainda não vi meu baner aki...)

Escritor em treinamento 14 de janeiro de 2010 08:27  

Tive de parar de ler no prédio de 68km² com endereço secreto xD

Postar um comentário

Frase da semana:

"Os erros de grandes homens... são mais fecundos que as verdades de pequenos." (Friedrich Nietzsche)

Você é o leitor número:

Nossa versão em Inglês: